Pondé, o trágico

Luiz Felipe Pondé se diz trágico. Quando lhe perguntam por que, ele diz algo como ”porque o homem é mal”. Como prova disso, vez ou outra apresenta algo de filosofia. Chama Schopenhauer, Nietzsche e Cioran para uma empreitada que eles jamais aceitariam. Quer filosofar, mas falha. Talvez Pondé saiba disso. Talvez sua incompetência para com…

Zadig! E não o Destino.

Resumo: O objetivo deste texto é discutir a relação entre o homem e o destino a partir do último parágrafo do Zadig[1] de Voltaire. Para tanto, relacionaremos tal trecho com vários outros da obra a fim de se entender qual é o papel do destino na vida do homem. Ao final, defenderemos a tese de…

Só a vara ensina o que é bom!

Esse saber materno é sempre muito eficaz não só em casa, mas também na escola! Caso se expandisse para o trabalho e à vida em geral, seríamos muito mais felizes.

Homens de canivete

Fernando Sabino, Otto Lara Resende, Paulo Mendes Campos e Rubem Braga, o que esses homens tinham em comum? Além das mãos e pés numa máquina de escrever, ambos foram homens de canivete.

O leão e o camaleão

O camaleão chegou ao leão e disse: “Você por aqui, leão? Quanto tempo! Na última vez que nos encontramos você estava…”. “Comendo sua mãe”, completou o leão…