“A palavra de Deus é música para meus ouvidos”.

O som que Deus deu às águas é o mesmo som que as águas deram às conchas. E as conchas, quando pertencentes aos humanos, acabam por ter o mesmo som que o produzido por nós, em computador. O som das coisas e do homem, portanto, jamais podem ser subestimados, uma vez fazendo parte de todo o espectro da importância, de “No início era o Verbo” ao nomear das coisas por Adão. Mas todos esses sons, humanos ou não, não são tão notáveis quanto os sons musicais. Música, por escapar da linguagem, nos livra do conhecimento do bem e do mal. Somente alguém como Bach – como disse Cioran – poderia ter sido o maior dos cristãos. Todos entendemos que Moisés e seu cajado abriram o Mar Vermelho exatamente porque Moisés e seu povo, assim como o Egito, estavam num plano de Deus! E o plano de Deus, como sabemos, é perfeito. Não é por qualquer coisa que dizemos ser a palavra de Deus música para nossos ouvidos! O som musical é capaz de fazer mais por Deus do que fizeram mil anos de teologia.

Isaias Bispo de Miranda – 23 de maio de 2018

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s